• FEV
  • 05
  • 2020
Marcus Dias

Desenvolver o movimento eficiente, ideal,enquanto coloca menor estresse sobre o tecido mole e as estruturas articulares,baseia-se em uma premissa: atingir o centramento articular ideal.

O centramento articular ideal é o local onde há um grande Contato e um grande contato é um controle neuromuscular ideal das superfícies articulares da cadeia cinética. Isto permite que as relações de comprimento-tensão máximas do antagonista funcionais da articulação supram a sinergia muscular requerida para estabilizar e sustentar a carga sobre as superfícies articulares (Kolar,2009).

O princípio geral é que o centramento é uma combinação de estabilização e dissociação, o cliente deve ser capaz de estabilizar uma porção articular a medida que dissocia uma outra porção da outra articulação. Embora usada muitas vezes de forma intercambiável, a dissociação é muito mais que mobilidade simples de uma articulação. A dissociação é o movimento controlado de uma articulação. A mobilidade de uma articulação é requerida para dissociação efetiva a mobilidade é simplesmente à amplitude de movimento disponível dentro de uma articulação e não implica controle deste movimento.

Quando todos os músculos sinergistas estão trabalhando de forma ideal, o centramento articular é mantido. Na presença de inibição muscular(músculo mais fino), o antagonista funcional (músculo mais espesso) exerce sua tração articulação e o centramento articular é perdido.

TEXTO: Marcus Dias - Personal Trainer

@marcusdiaspersonal